Juros futuros

De Recuperador CRM | Documentação
Ir para: navegação, pesquisa

O parâmetro Cobrar juros futuros em parcelas de acordo, presente na tela de edição do cadastro de credores que pode ser acessada pelo menu Cadastros > Credores > ícone Alt. > aba Parâmetros Globais, define se o valor do acordo será corrigido com juros futuros aumentando conforme a quantidade de parcelas do acordo.


ParametroCredorJurosFuturos.png

Tela de edição do cadastro de credores com destaque para o parâmetro de cobrança de juros futuros


Em resumo, a intenção desse parâmetro é cobrar juros nas parcelas do acordo (parcelas futuras) e não apenas cobrar juros até a data do acordo. Exemplo: imagine que um cliente tenha uma dívida atualizada e corrigida até a data de hoje no total de R$ 400,00. Ou seja, os R$ 400,00 consideram juros, correção monetária e multa até a data de hoje. Porém, o cliente deseja parcelar esses R$ 400,00 em 4 parcelas mensais de R$ 100,00. Perceba que neste caso, o valor das parcelas não sofrerá atualização por juros, ao menos que o parâmetro de juros futuros esteja habilitado.


Este cálculo é feito automaticamente no formulário de novo acordo ao modificar a quantidade de parcelas ou a periodicidade das parcelas. O cálculo também se aplica ao portal de negociação.


Ilustraremos o comportamento deste parâmetro com um exemplo que realiza o cálculo de juros futuros para uma dívida de R$ 400,00 a ser divida em quatro parcelas mensais com primeiro vencimento hoje e juros configurados para 1% ao mês (0,033% ao dia). O cálculo dos juros futuros do exemplo será feito da seguinte forma:


  1. R$ 100,00 -> vencimento hoje sem juros;
  2. R$ 101,00 -> vencimento para 30 dias será acrescido de 1% de juros;
  3. R$ 102,00 -> vencimento para 60 dias será acrescido de 2% de juros;
  4. R$ 103,00 -> vencimento para 90 dias será acrescido de 3% de juros;


O total final será R$ 406,00, que é a soma das quatro parcelas atualizadas com juros futuros. Porém, o sistema dividirá o total em 4 parcelas, para termos um valor igual em todas as parcelas. Dessa forma, teremos 4 parcelas de R$ 401,50.


Observações: se o parâmetro de juros futuros estiver ativado, não será possível trabalhar com múltiplas entradas, pois o cálculo dos juros futuros é dependente do parcelamento fixo.


Importante: o cálculo de juros incide sempre sobre o valor do principal, enquanto a multa incide sobre o valor atualizado. Entende-se valor atualizado como sendo o valor do principal atualizado com a tabela de correção monetária, quando a mesma estiver configurada para o credor. Se não houver tabela de correção, a multa também incidirá sobre o valor do principal.